A minha paixão pelo trabalho com crianças e adolescentes nasce em 2006 com a experiência de curadoria e concepção da exposição comemorativa ao centenário do poeta Mario Quintana, realizada na Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre. A exposição "Quintana entre o dia e a noite", foi concebida em duas partes complementares, dia e noite, e montadas em duas galerias localizadas lado a lado. Na noite, a poesia e os temas existencialistas, surrealistas, sobrenaturais, as musas e a reflexão sobre a arte de poetar. No dia, a prosa poética, a crônica, o cotidiano, o lúdico, o humor non-sense, estado puro de presença como uma criança diante da vida.

 

Como escreveu o poeta, em "O Encontro" - Eis que descubro um retrato meu, aos 10 anos. Escondo, súbito, o retrato. Sei lá o que estará pensando de mim aquele guri! A provocação deste poema somado a minha trajetória de curadoria e produção de festivais e mostras de cinema, me inspirou na concepção de um novo projeto, o Cine Caramelo - um festival para crianças, sobre crianças e para a "criança do adultos".

Imagens da exposição "Quintana entre o dia e a noite" (clique para ampliar). 

Galeria DIA
press to zoom
Galeria DIA
press to zoom
Galeria DIA
press to zoom
Galeria DIA
press to zoom
Poeta Mário Quintana
press to zoom
Galeria NOITE
press to zoom
Galeria NOITE
press to zoom
Galeria NOITE
press to zoom
Galeria NOITE
press to zoom
1/1

 Para ver mais sobre a exposição, clique aqui.

Em 2013, acontece a primeira edição do Cine Caramelo, um festival infantojuvenil com o objetivo de oferecer uma experiência artística e cultural de qualidade, estimular habilidades e competências criativas, promover um espaço de reflexão sobre temas do desenvolvimento infantojuvenil e proporcionar momentos lúdicos para crianças e adultos através de uma programação que integra cinema e outras linguagens artísticas, valoriza a excelência estética e de conteúdo e a inclusão dos mais diversos públicos.

O festival prevê ações de fruição, abertas a todas as idades, e ações formativas voltadas ao público infantojuvenil através da realização de oficinas lúdicas e técnicas na área do cinema, literatura, música e artes visuais. A programação acontece em salas de cinema de centro culturais e em escolas públicas da Rede Municipal de Porto Alegre, Rede Estadual do Rio Grande do Sul, além de ter feito itinerâncias especiais em escolas indígenas, escolas de educação especial e na escola de arte-educação de Campo Bom.

 

A cada edição, o festival seleciona escolas e passa um dia em cada realizando oficinas, sessões de cinema e interações lúdicas entre professores e alunos. Além disso, é realizado um intenso com as escolas para divulgação da programação, agendamento das sessões e distribuição do material pedagógico realizado sobre os filmes a serem exibidos com propostas pedagógicas para serem trabalhadas em sala de aula antes e depois da sessão de cinema, apoiando o trabalho dos professores e potencializando a ida dos alunos ao cinema. 

O Cine Caramelo acontece initerruptamente há 7 anos em Porto Alegre e interior do Rio do Sul. Desde 2019 tem sido realizado em cidades do Mato Grosso e a partir de 2021 acontecerá em Santa Catarina. Tem sido realizado com apoio da Secretaria de Estado da Cultura do RS, Departamento de Difusão Cultural da UFRGS, Sistema Fecomércio SESC-RS, Instituto Ling e Videocamp. 

Para conhecer um pouco da história do Cine Caramelo, assista o registro audiovisual de algumas edições: 

Em 2017, fui convidada a assumir a Coordenação de Descentralização da Cultura da Secretaria Municipal da Cultura de Porto Alegre. Neste cargo, tive oportunidade de levar minha experiência em curadoria, produção e gestão de projetos artísticos e socioculturais para o âmbito público, realizando atividades ainda mais focadas na interface entre cultura, educação e desenvolvimento social.

 

O plano de atuação da Coordenação se concentrou em ações de fruição, a fim de promover acesso cultural, entretenimento, convivência social e ampliar o repertório de crianças e adultos de bairros descentralizados através de apresentações artísticas e culturais, e ações formativas, através da realização de oficinas de sensibilização e iniciação artística em diversas linguagens realizadas em parceria com escolas da Rede Municipal de Porto Alegre. Visamos ainda capacitar e qualificar agentes de bairros periféricos na elaboração de projetos e busca de financiamentos para atuarem como empreendedores no desenvolvimento de ações culturais. Ao final do período de realização das "oficinas descentralizadas", aconteceu uma mostra de resultados, onde alunos da educação básica e fundamental se apresentaram no Centro Municipal de Cultura, importante equipamento da cidade de Porto Alegre. 

Registros de algumas apresentações, oficinas e mostra de resultados: 

Para saber mais sobre o trabalho realizado na Coordenação de Descentralização de Cultura, clique aqui.

De agosto de 2018 a outubro de 2019 estive a frente da Coordenação de Cinema e Audiovisual da Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre e gestão da Cinemateca Capitólio Petrobras. Neste período, foi implementada a programação regular infantil da Cinemateca Capitólio, realizada pelo Programa de Alfabetização Audiovisual e renovado o convênio com o Ministério da Cultura para realização do 11º Festival Escolar de Cinema. Além disso, foi desenvolvido e viabilizado através de patrocínio da Caixa Econômica Federal o projeto Núcleo de Animação - Estação Cidadania Restinga, localizado num dos bairros mais populosos de Porto Alegre. Este projeto é voltado à capacitação de jovens em conhecimentos de narrativa e técnicas para execução de animações bidimensionais para atuação em cinema, televisão, internet e jogos eletrônicos, e visa criar oportunidade de emprego, renda e inclusão social para jovens do bairro Restinga. 

Atuo ainda como curadora de programação infantil convidada de festivais de cinema. Em 2021, assino a curadoria do Guaporé - Festival Internacional de Cinema Ambiental, que será realizado em Porto Velho, Rondônia, e a segunda edição do Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra Catarinense - FICASC, parceira iniciada na segunda edição do festival realizada em 2020. Em 2017 foi curadora do Festivalzinho, braço infantil do Festival de Cinema de Anápolis, em Goiás. Em 2015, fui curadora da programação infantil do Curta Salto, Festival de Cinema de Salto, realizado no estado de São Paulo.